Pensando na vida…

Eu estava pensando na vida e posso concluir que ela não foi “feita”, nos concedida para ser pensada, caso tente fazer isso você enlouquece, sua mente fica num eterno looping… Por outro lado não me agrada viver de modo que eu tente me enganar e os caminhos são sempre sinuosos, vivemos almejando melhorar as condições de nossas vidas, seja moradia, comida, educação, vestuário… tudo isso para depois morrer e não levar nada disso.

No final das contas, você leva a vida que você leva… Nada mais. Simples assim!

Neste ponto pode-se pensar que irei falar que ir para alguma igreja é a solução… Muito pelo contrário, hoje estas instituições, de modo geral, infelizmente são tão corruptas quanto alguns partidos políticos. Chamo a maioria das igrejas de corruptas pelo nítido interesse em dízimos que dependendo do montante, pode possibilitar vista grossa à muita coisa, assim como a pregação por meio do medo, quando dizem que Deus é um carrasco, criando assim culpa nas pessoas, estas instituições são as que pregam o que é aprazível para sua situação, em suma desenvolvem um corpo de crentes julgador, mesmo havendo várias passagens da Bíblia que discorre que ninguém está apto para julgar ninguém, somente Deus tem a capacidade de sondar os corações, enquanto o homem só vê o exterior, nada mais! Em suma, pregam o que é fácil ser cumprido ou cobrado e omitem o restante… Porque nenhuma igreja busca os perdidos, como a Bíblia descreve ter sido feito por Jesus. Está claro que era estas pessoas eram as que Ele se importavam, não o quanto elas podem contribuir financeiramente… A posição de acusadoras por parte desta instituições é muito mais confortável. Penso que o número de fiéis se deve ao nível da educação que temos no país, que está muito abaixo do desejado, muitas pessoas humildes que acreditam neste conceito fragmentado se submetendo a eles.

Apesar de tudo porém, acredito piamente que Deus existe, se esse é o nome do criador não sei, mas que existe um criador supremo, tenho plena certeza. Sei também que ele é como o vento que a gente não pode ver, mas pode sentir. Assim, como este elemento da natureza passa sem percebermos no nosso dia a dia, sentir a presença de algo superior requer sensibilidade. E sei que em nenhuma parte da Bíblia é mencionada alguma divisão de igrejas por nomes (como Católica, Batista, Protestante, Evangélica…), como sendo algo correto, assim como não há menção a criação de santos, estátuas feitas pelas mãos do homem, muito pelo contrário, isto é uma das coisas claramente condenadas no Livro Sagrado. Convenhamos, toda Sua criação é muito perfeita para ter surgido do big bang. E me entristece saber que há pessoas, algumas muito próximas que não acreditam em absolutamente nada, que se enganam ser inteligentes, mais independentes por se dizerem descrentes de tudo. Ao contrário do que se acham ser, tenho pena… Embora muitas vezes vivi de forma como se não houvesse amanhã, como se o evento mais importante para mim fosse o novo celular, filme, disco a ser lançado, ou a próxima cerimônia do Grammy, apenas alguns exemplos… tento aos poucos mudar a direção da minha vida, existem tantas coisas que podem ser consideradas como menores ou menos importantes, mas que fazem muito mais sentido nesta passagem por aqui.

Mas meu objetivo não é ponderar sobre estas questões da criação, mas simplesmente considerar como a vida é realmente passageira e volátil. Nós ainda nos achamos no direito de tentar nos preocupar, modificá-la de curso assim como se muda o curso de um rio, entretanto a nossa preocupação tem participação efêmera nela. Sei de toda a teoria que como disse anteriormente, ela (a vida) não é para ser pensada, mas as vezes é inevitável… Por incrível que possa parecer, acho a música do Zeca Pagodinho uma verdadeira lição de vida, deixar a vida nos levar, talvez seja a forma mais agradável, com menos sofrimento de viver aqui os anos que nos são concedidos…

Ora, é sabido que não temos escolha nenhuma, se houvesse, não iríamos querer a vida desta forma, tão passageira, ao mesmo tempo tão cruel e moraz com a maioria. Alguns defendem a idéia que a vida é algo inacabado, descordo completamente, apenas acredito que é uma parte… não é o fim. As vezes ainda me desgasto com o que os outros falam, quando percebo que ainda não se deram conta de princípios básicos da vida, as pessoas sempre terão opiniões sobre minha vida, assim como eu com relação a delas, mas somente eu tenho o poder de mostrar o quão errada elas estão e já demonstrei várias vezes!

Há um vídeo que achei hoje no YouTube, que chama-se “Da Servidão Moderna”, há lá várias versões, legendadas, dubladas… muita coisa que penso, “casa” com o que está lá. Acho importante assistir estes vídeos (são em média 5 partes, dependendo da versão), não que tudo que é mostrado seja verdade absoluta… Para minha pessoa serviu como um ponto de equilíbrio.

Precisava falar sobre isso… é como me sinto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s